skip to Main Content
Aplicação de Toxina Botulínica (BOTOX)

Aplicação de Toxina Botulínica (BOTOX)

Botox®, assim como Dysport®, são alguns dos nomes da toxina botulínica no âmbito laboratorial. Esta toxina, produzida naturalmente por uma bactéria chamada Clostridium botulinum, quando aplicada em pequenas concentrações apresenta propriedades paralisantes.

Seu mecanismo de ação é atuar de forma a bloquear o impulso nervoso na região da aplicação, promovendo um relaxamento da musculatura e, desta forma, suavizando gradualmente as rugas da pele. Seu efeito paralisante atua exclusivamente na região aplicada, não se estendendo para as demais regiões.

Devido à sua ação, o Botox é uma das técnicas minimamente invasivas mais utilizadas atualmente no combate às linhas de expressão, bem como de rugas de envelhecimento e marcas da idade. A toxina é muito aplicada em regiões como linhas horizontais da testa, marcas de expressão entre as sobrancelhas, rugas ao redor dos olhos e da boca e linhas do pescoço.

O início dos resultados pode ser percebido a partir do terceiro dia, sendo que o resultado final se verifica de 10 a 15 dias após a aplicação. Segundo Dr. Daniel Sakaki, é importante salientar que o efeito da toxina botulínica não é permanente, por isso indica-se nova aplicação após quatro ou seis meses, tendo em vista a sua absorção natural pelo organismo.

“A toxina botulínica é aplicada em condições favoráveis para que o paciente retarde o processo de envelhecimento facial.”

Compartilhar:
Back To Top